Marketing institucional: saiba como promover sua marca no mercado

TREINE SUA EQUIPE!

TREINE SUA EQUIPE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

marketing institucional

Hoje vamos falar sobre marketing institucional. Aquelas estratégias que servem para promover o nome da sua marca no mercado. Esta é uma das formais mais antigas de marketing e que passou por significativas evoluções ao longo dos anos.

Contudo, apesar de centrar-se no processo de comunicação e ter um evidente propósito comercial, o marketing institucional não pode nem deve ser considerado como uma técnica adicional de vendas ou como forma de economizar anúncios na mídia.

Estamos falando de um ramo próprio do marketing, um processo que possui sua própria dinâmica interna e que quando aplicado ao seu negócio deve seguir diretrizes específicas. Mas, se você está entendendo ainda do que estamos falando exatamente, não se preocupe, tudo será esclarecido ao longo desse artigo.

Vamos começar?

1. Começando no Marketing institucional

O objetivo do marketing institucional é trabalhar a identidade, a formação e a consolidação da imagem de uma organização.  Quem tem um negócio próprio com certeza sabe como é importante ter uma imagem positiva junto aos consumidores e ao público alvo potencial.

A verdade é que mesmo uma empresa sólida pode ver seus lucros irem pelo ralo caso sua imagem sofra danos severos.

Para os pequenos empreendimentos, e para aqueles negócios que estão começando agora, qualquer aranhão na sua imagem pode ser um grande prejuízo ao seu crescimento e as suas vendas.

A imagem de um negócio, independente de seu ramo, porte ou foco de atuação, está intrinsecamente associada a sua reputação. As pessoas não consomem apenas produtos e serviços, elas estabelecem uma relação com as marcas. Logo, se sua imagem for negativa, o consumidor vai começar a evitar seus produtos e serviços, e ninguém quer isso!

A imagem de uma empresa é essencial para determinar se os clientes comprarão ou não seu produto e serviço.

Isso não significa que você tenha de ser totalmente isento de erros. Errar é humano, e nem mesmo as maiores empresas estão livres disso. A grande questão do marketing institucional é como você se comunica com o seu público.

Peter Drucker, considerado por muitos como o “pai da administração” já dizia que 60% ou mais dos problemas de uma empresa, seja ela qual for, são causados por problemas de comunicação.

A verdade é que cada ser humano tem um mundo único, com seus valores e princípios, e embora compartilhe muito disso com a sociedade como um todo, tem suas próprias opiniões e visões de mundo. Portanto, quando uma mensagem não é bem direcionada, e se faz sem clareza ou com ambiguidades, com certeza ela não vai ser compreendida pelo destinatário como seus autores desejavam quando a conceberam.

E no mundo de hoje as falhas comunicativas podem custar caro. Basta que você diga algo ambíguo ou inapropriado para o que você falou ganhar o mundo, passando não apenas de boca em boca, mas caindo na grande rede da internet, em suas redes sociais, sites e blogs.

Portanto, o marketing institucional:

  1. Visa promover a melhor imagem da sua empresa/negócio;
  2. Está intrinsecamente associado a sua reputação;
  3. Tem como pilar base a comunicação

A comunicação assertiva para construir uma imagem de sucesso

Um bom marketing institucional deve contemplar ações que se comuniquem com o público, de forma atrativa e em caráter de relacionamento. Ao aplicar estas estratégias você estará construindo uma relação duradora e sólida com clientes, fornecedores e a sociedade em geral.

Sabe aquela empresa que você pode até não precisa do produto dela, mas tem que admitir que ela tem um nome sólido e uma reputação de peso? Pois é, esse é o foco do marketing institucional!

E nos dias de hoje isso conta muito. Portanto, estamos falando de transmitir uma mensagem e uma boa imagem para todos, incluindo clientes, público alvo, fornecedores e funcionários do seu empreendimento.

E para se comunicar de forma assertiva você precisa transmitir uma mensagem clara, sem ruídos ou ambiguidades. Mas, antes de tudo precisa saber o que está comunicando, para isso o primeiro passo é definir a identidade da sua marca/negócio.

2. Marketing institucional: criando uma identidade própria

O primeiro ponto a ser entendido é que para fazer com as pessoas, sejam elas quem forem, queiram construir uma relação sólida com sua marca, você precisa transformar ela em uma persona. Ou seja, você deve transformar sua marca é um ente com personalidade e valores atrativos para as pessoas.

As Personas são uma ferramenta ou método de segmentação de mercado. Ou seja, é uma representação fictícia de um cliente real ou de um negócio.

Entenda, a persona é mais do que um simples personagem, porque ela vai se identificar com aspectos inconscientes do público, algo que todos nós temos quando, por exemplo, olhamos para uma marca e pensamos “poxa, essa empresa me entende”.

Portanto, é fundamental que você pense em tudo. Defina primeiro a identidade visual, as cores, as formas, qual será seu logotipo? Mas, você não deve criar nada aleatório, é preciso compor uma persona que faça sentido com o seu produto ou serviços.

Por exemplo, se você é do ramo alimentício, precisa criar uma imagem visual que seja condizente com fatores como: boa comida, alimentos frescos, marcas de boa procedência, refeições em família etc. Este é apenas um exemplo.

Perceba que sua persona vai carregar nesta identidade visual os valores que embasam o seu negócio. E todas as campanhas de marketing institucional que você fizer terão como foco a relação dessa persona, que é o seu negócio personificado em um ser real, com o público.

Para construir uma persona com sucesso é imprescindível se ater há alguns fatores:

  1. Seja coerente com seu ramo de atuação;
  2. Tenha clareza dos seus valores e missão;
  3. Faça pesquisas de mercado para conhecer o seu público e ramo.

As Campanhas de marketing institucional

Quando sua persona estiver pronta ela vai ser o negócio vivificado em campanhas de marketing falando diretamente com o público. É importante que você incorpore a persona nas estratégias de marketing que você já usa.

Mesmo os pequenos negócios podem adotar algumas medidas simples que vão permitir a construção desse processo gradualmente. Por exemplo, coloque uma sessão de quem somos no site da sua empresa. Ou, se você não pode pagar por um domínio, tenha uma página as redes sociais e marque presença por lá.

Se você está começando você também pode ter um blog, e publicar conteúdo de qualidade para seu público, conforme seu empreendimento for crescendo, você pode começar a investir um pouco mais.

Quer entender melhor sobre como funciona o processo de compra de uma perspectiva do cliente? Dá uma olhada aqui Marketing sensorial.

3. Marketing Institucional: mostre a pessoa por trás da sua marca

Pessoas se relacionam com pessoas. Você pode estar pensando: “mas e os vínculos das pessoas com objetos e animais?” Ora, isso só é possível porque elas investem esses objetos, sejam o que eles forem, e mesmo seus animas de estimação, de características humanas que somente são encontradas em pessoas.

Esse é um processo natural para que qualquer relação possa ser construída. Ao transformar sua marca em uma persona você estará mostrando ao seu público que existe uma pessoa por trás dos seus produtos e serviços.

Portanto, você precisa cuidar com fatores como:

  1. Conhecer bem seu público e falar na mesma língua que eles;
  2. Deixar claro seus posicionamentos sobre temas importantes, como meio ambiente;
  3. Mostrar que sua empresa valoriza o lado humano;
  4. Conhecer a bem sua concorrência.

É importante que você tenha em mente que a facilidade da comunicação, especialmente em tempos de mídia digitais, fez com que a concorrência aumentasse muito. Portanto, invista em ações de comunicação que destaquem você no meio da multidão.

Uma boa opção é mostrar como sua empresa valoriza seus funcionários e transformar a cada colaborador em um divulgador da marca.

Consumidores e marcas: construindo uma relação harmoniosa

Inclua o consumidor e o público nas suas estratégias de marketing institucional sempre que possível, pois assim você mostra que sua marca se importa com eles de forma muito próxima, como um amigo.

Por exemplo, empresas que trabalham com revendedores podem convidar um de seus consultores para falar sobre os produtos. Ou que tal fazer uma pesquisa que de poder de voz ao consumidor?

Uma série falando sobre seus colaboradores, mostrando como cada um deles contribui para o sucesso do negócio no dia a dia da empresa também vai bem.

Se você trabalha sozinho, que tal focar o lado humano e mostrar que você tem muito em comum com o seu público? Ações simples como uma imagem ou vídeo bem colocado podem fazer a diferença.

Quer saber mais sobre esse processo? Dá uma olhada nesse estudo O poder das marcas.

TREINE SUA EQUIPE!

TREINE SUA EQUIPE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart