}catch (ex){}

Marketing estratégico: como dar aquele upgrade no seu negócio

TREINE SUA EQUIPE!

TREINE SUA EQUIPE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

marketing estratégico

Se você está com uma pulga atrás da orelha após ler “marketing estratégico”, e pensando que isso não tem sentido, afinal todo marketing é estratégico, saiba que estamos falando de uma área específica do marketing com objetivos bem definidos e um sua própria forma de operar!

Saiba que este aparente pleonasmo não acontece por acaso. O marketing estratégico é um ramo desta ampla ciência que trata de muito mais que do apenas a publicidade do seu negócio.

Estamos falando da verdadeira essência do marketing, contudo, embora pareça óbvio em um primeiro momento, não é possível entender toda a sua importância e aplicações sem conhecermos toda as suas etapas.

Por isso mesmo vamos começar pelo básico, ou seja, elucidando o conceito de marketing estratégico.

1. O que é o marketing estratégico

Como o próprio nome indica, o marketing estratégico é um conjunto de estratégias formuladas para atingir seus objetivos a curto, médio ou longo prazo. Ou seja, é uma abordagem focada em resultados para um espaço de tempo maior, aquelas ações que não lhe trazer lucro amanhã mesmo, mas dentro de meses ou anos vão apresentar sólidos resultados.

Ou seja, estamos falando de um planejamento coeso que não se limita a atender as demandas atuais e que, também, buscam atender desejos e necessidades futuras do mercado. Se você é daqueles que só pensa em estratégias de curto prazo, talvez esse conceito seja novo e radical para você.

As estratégias a curto prazo também são importantes, afinal é preciso manter o negócio girando. Mas, a verdade que poucos aceitam ou compreendem, é que sem pensar em fatores de médio e longo prazo é impossível tornar sua marca sólida no mercado.

Um dos pontos principais a ressaltar é que essa forma de marketing envolve ações planejadas e a identificação de oportunidades e perigos que possam surgir no futuro. Ou seja, você estará mensurando cenários vindouros, tanto positivos quanto negativos, para o seu negócio e tomando medidas antecipadas para ambos os casos.

Apenas fazer publicidade do seu negócio não é fazer marketing. Embora a propaganda seja parte do marketing, é preciso pensar em todo o processo além disso, como a relação com o cliente e o próprio desenvolvimento do produto. E para isso fazer pesquisas, mensurar cenários e tomar medidas que favoreçam pontos positivos e neutralizam os pontos negativos, é essencial.

Lembre-se que o principal objetivo uma relação duradoura, conquistar clientes e ter uma fidelização para com o produto ou empresa.

Resumindo:

  1. O marketing estratégico contempla ações de médio e longo prazo;
  2. As estratégias são planejadas com base em cenários vindouros;
  3. É preciso favorecer pontos positivos e neutralizar os pontos negativos;
  4. Não esqueça: relação com o cliente, fidelização e desenvolvimento do produto.

E, se você quiser saber mais sobre o marketing em si antes de prosseguir com a leitura, dá uma olhada nesse artigo 8 P’s do Marketing. Isso vai te ajudar a compreender muito melhor os conceitos e elementos do marketing colocando-as em uma perspectiva mais estratégica.

Marketing estratégico: o que não pode faltar

O marketing já foi erroneamente interpretado como um processo ligado apenas a comunicação e publicidade. Atualmente, temos uma ideia muito mais precisa do que é o marketing, entendendo-o como um processo que envolve toda a jornada de uma marca, um produto ou um serviço.

O marketing estratégico enfoca uma abordagem estratégica do mercado visando fornecer ao empreendedor, empresário ou gestor, os conhecimentos norteadores sobre as necessidades atuais e futuras de seus clientes, assim como de todo o ramo onde atua.

Isso é muito importante, pois sua empresa ou empreendimento, por menor que seja, não é uma ilha isolada que fluta a esmo, mas faz parte de um contexto mercadológico e econômico que pode mudar a qualquer momento. Portanto, é através dessa forma de abordagem que você pode identificar novos nichos de mercado e segmentos em potencial .

E uma vez que tais elementos sejam identificados, você poderá definir metas, criar estratégias e planos de ação que conduzam ao objetivo final.

Estamos falando do futuro da sua empresa.Portanto, o marketing estratégico precisa ser feito com consciência, todas as metas definidas precisam girar em torno do objetivo principal do negócio. E mais: qualquer ação definida, prazos e objetivos, precisam ser definidos com o auxilio de especialistas.

Lembre-se: estamos falando de um contexto bem maior, que envolve mais que apenas o seu conhecimento sobre seu produto e sua empresa. Envolve entender de economia, política e muitos outros conceitos próprios do marketing que você pode não dominar!

Portanto, quando se trata de marketing estratégico algumas coisas não podem faltar:

  1. Definir objetivos realistas (que possam ser alcançados);
  2. Criar estratégias eficazes para seu empreendimento;
  3. Analisar as falhas do plano de marketing anterior (isso é muito importante);
  4. Propor ações para melhorar o desempenho de todas as metas e objetivos definidos (não basta dizer o quê, é preciso deixar claro o como).

2. Marketing estratégico: como pensar e executar

Como dissemos, o marketing de curto prazo tem o seu valor. Pensar nas ações cotidianas e como executá-las de forma a favorecer os processos operacionais do seu negócio é imprescindível, contudo, esquecer-se de pensar em longo prazo pode levar os resultados do negócio à estagnação e o posterior decrescimento.

E se você está pensando agora “eu já tenho um plano de marketing“, bem isso é ótimo! Mas, o pensamento estratégico é anterior a isso. Portanto, caso seu plano não tenha sido formulado de forma estratégica, pensando em longo e médio prazo, e ouvindo os especialistas, talvez ele esteja precisando de um bom upgrade!

Portanto, o ponto chave aqui é: aprenda a desenvolver um pensamento estratégico e aplique em tudo o que fizer no seu empreendimento.

O planejamento é a primeira etapa do processo e pode ser justamente a mais demorada. É aqui que muitas empresas erram ao não estudar, desenhar e raciocinar as ações que serão implementadas. Muitos vão logo para o “vamos fazer isso e depois aquilo”, mas não há um planejamento que embase essa escolha.

Quem faz isso está literalmente dando um tiro no escuro. E o que vai acertar (se acertar) ninguém sabe, nem que atira! E isso não é bom para ninguém, é a receita para o fracasso e a razão pela qual muitos negócios entram em declínio.

Um bom planejamento de marketing precisa considerar:

  1. As ações a serem implementadas;
  2. As métricas para mensurar resultados;
  3. O cronograma de atuação;
  4. Os recursos necessários;
  5. A divisão de tarefas.

Além disso, selecionamos outros três pontos imprescindíveis que não podem faltar para a execução do seu marketing estratégico.

Nada de comportamento de manada

O efeito manada é um conceito psicológico que descreve como indivíduos se comportam de forma muito parecida, praticamente identifica, em razão da pressão exercida pelos demais. É o clássico “Maria vai com as outras”.

Fuja disso. Não é porque a maioria faz uma coisa que você deve fazer também. É claro que você precisa estudar a sua concorrência, mas não necessariamente adotar as mesmas estratégias de marketing e vendas.

O que você precisa fazer é: descobrir quais as ideias estão sendo adotadas, descobrir o que funciona ou não para o seu negócio, criar suas próprias ideias.

Seja flexível o bastante e rígido quanto for necessário

Extremos nunca são boa coisa. Portanto, encontre o necessário equilíbrio entre flexibilidade e rigidez. Isso é essencial.

Quando você for muito flexível o pensamento estratégico deixa de ter propósito, afinal se tudo pode e se você muda de ideia a qualquer momento, não tem muito sentido ter uma estratégica.

Do mesmo modo, ser rígido demais pode deixar seu negócio travado e impedir sua empresa de se adaptar as mudanças dos novos tempos, especialmente aquelas de cunho digital.

Considere o marketing como um todo

O marketing não pode ficar restrito apenas ao departamento ou setor de marketing. É fundamental integrá-lo a todas as aéreas do seu negócio.

A sua empresa não é um compartimento de caixas onde cada coisa funciona de forma isolada. A sua empresa é um organismo onde todos se relacionam com todos e aquilo que um faz se reflete sobre os demais.

Entenda isso e pense o marketing em integração com os demais departamentos, pensando em soluções de marketing para suas vendas, para seus recursos humanos, para sua logística, para o financeiro e o que mais for necessário.

O marketing estratégico

De uma forma sintetizada podemos dizer que o marketing estratégico consiste em alinhar o perfil e as necessidades do seu público, que você deve conhecer bem, com as oportunidades do mercado e a proposta do seu negócio.

Quer ter um entendimento mais profundo de tudo que falamos aqui? Então leia este artigo Uma visão sobre o marketing estratégico.

TREINE SUA EQUIPE!

TREINE SUA EQUIPE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart