}catch (ex){}

3 teorias sobre liderança

3 teorias sobre liderança

TREINE SUA EQUIPE!

TREINE SUA EQUIPE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

Quer conhecer algumas teorias sobre liderança? Então você está lendo o artigo certo.

Vamos falar nesse post sobre três tipos de teorias sobre liderança. Ao contrário do que se pensa, não há apenas uma definição correta do que é liderança e como ser um líder. 

Além disso, os líderes possuem um papel fundamental dentro de qualquer empresa. Isso porque eles inspiram, motivam e conduzem seus funcionários para que tomem as melhores decisões e desenvolvam suas competências.

Como a liderança é algo que gera grandes benefícios, esse é um tema que é bastante estudado. Por conta disso, há várias teorias sobre liderança com o objetivo de ajudar as pessoas a compreenderem melhor esse poder.

Foi pensando nisso, que preparamos esse artigo. Nele você vai conhecer três teorias sobre liderança. Não deixe de conferir e boa leitura!

Teorias sobre liderança – 1: Teoria dos Traços

Esse conceito de teoria sobre liderança alega que as combinações de determinados traços mostram se a pessoa é ou não um líder qualificado. Esses traços são divididos em três características: aspectos físicos, personalidade e habilidades intelectuais.

Atualmente, esse tipo de liderança, mesmo sendo bastante popular e relevante, não costuma ser bem aceita por vários profissionais que estudam o tema.

Isso porque esses estudiosos acreditam que as qualidades são adquiridas e depois trabalhadas. Para esses estudiosos, não há nenhuma pessoa que nasce com essas qualidades. E a teoria dos traços diz exatamente isso.

A teoria dos traços diz que um bom líder já nasce com as qualidades necessárias, sem existir necessidade de desenvolvê-las. Assim, não há como “fazer” um bom líder, de acordo com essa teoria. Ele já nasce pronto.

A Teoria dos Traços foi bastante predominante até os anos 40. A teoria sustentava que existiam traços que diferenciava os líderes dos não-líderes. Como por exemplo, a vontade de liderar, a integridade, a honestidade, a autoconfiança e a ambição.

Assim, para enfatizar essa teoria, estudiosos diziam que a liderança era demonstrada de acordo com determinada situação. Dessa forma, o enfoque na abordagem seria dado de acordo com o comportamento do indivíduo.

Isso significa dizer que, essa teoria defendia que não tinha como uma pessoa ter uma habilidade hipotética. Em resumo, a liderança não era algo adquirido. Mas, como essa teoria era difícil de ser aplicada, os estudiosos passaram a analisar a teoria comportamental.  

Teorias sobre liderança – 2: Teoria Comportamental

Liderar não é uma atividade fácil de ser executada. Porém, a Teoria Comportamental entende que essa atividade tem como ser aprendida. Segundo essa linha de raciocínio, cada líder possui um estilo de liderança. Assim, pessoas treinadas, com comportamentos adequados, poderiam liderar de forma eficaz.

Em outras palavras, ao invés de tentar descobrir o que os líderes bons eram, os especialistas tentavam determinar o que eles faziam. Assim, dava para saber quais eram os seus diferenciais.

Dessa forma, são estudadas duas estruturas importantes. A primeira delas possui relação com a execução de tarefas. Já a segunda diz respeito a convivência com os funcionários.

Com relação a execução de tarefas, essa teoria explica que, essa execução, pode ser tanto de iniciação, como autoritária. O objetivo dessa estrutura é apontar a direção e a produção de tarefas.

Já a liderança que diz respeito a convivência com os funcionários, é voltada para os colaboradores, tendo ele como centro. Tudo isso feito de forma democrática ou participativa, de forma a apoiar as necessidades de cada colaborador e também as necessidades da manutenção da equipe.

Resumindo, se uma única pessoa conseguisse desenvolver bem as duas tarefas, ela seria capaz de ser um bom líder.

São três os estilos básicos de liderança:

  • Liderança autocrática
  • Liderança democrática
  • Liderança liberal

Porém, vale ressaltar que não há um modelo padrão de liderança eficaz. Na prática, o que costumamos ver, é uma mescla desses três tipos de liderança citados anteriormente. Seu uso vai depender das pessoas, da situação e da tarefa a ser feita.

Teorias sobre liderança – 3: Teoria da Atribuição

Na Teoria da Atribuição, o líder possui seu papel bem traçado com base na sua conduta e no reconhecimento dos demais membros da equipe. Dessa forma, a responsabilidade do líder é passada para alguém, por meio de atribuição.

Não entendeu? Nós explicamos. Essa responsabilidade é passada para a pessoa como forma de “merecimento”. O líder deve assumir o papel, contanto que todas as pessoas concordem com isso. Ou seja, todos seus liderados devem conceder que ele seja líder.

Não é algo único, decidido apenas por uma pessoa. Essa teoria mostra que o líder só pode ser líder, se todos concordarem e aceitarem aquela pessoa. Essa opinião deve ser dada de acordo como a forma como essas pessoas interpretam o trabalho do líder.

Além disso, essa percepção vai variar de pessoa para pessoa. Resumidamente, pessoa X pode ter uma opinião favorável, enquanto pessoa Y pode não concordar.

A aplicabilidade dessa teoria mostra que não há como uma pessoa ser líder, antes de se colocar no lugar das outras pessoas. Dessa forma, há como o líder enxergar o ambiente com os olhos das pessoas que ele irá liderar.

Assim, o líder terá como desenvolver suas percepções com base na perspectiva dos seus colaboradores. Isso fará com que a relação entre o grupo seja fortalecida, fazendo com que a equipe entre em sintonia.

A teoria mostra ainda que, para ser líder, é necessário desenvolver habilidades com foco na inteligência, sociabilidade, compreensão e esforço. Assim, todas as atividades serão desenvolvidas de forma positiva.

Conclusão

Vale ressaltar que, as teorias de liderança possuem perspectiva diferentes. Dessa forma, não há como conceituar lideranças com base apenas no grau de eficiência de cada uma dessas teorias. É preciso que as situações não sejam desprezadas, para assim, a forma de liderar ser assertiva.

Líderes diferentes devem atingir resultados de formas diferentes, em situações que também devem ser bem particulares e únicas. Isso significa que, um líder nunca será igual ao outro. Cada um possui características, habilidades e comportamentos distintos.

Agora você conhece três teorias sobre liderança. Espero que você tenha entendido sobre cada uma delas. Sua empresa investe em algum tipo de teoria sobre liderança? Conta para gente. Até mais!

TREINE SUA EQUIPE!

TREINE SUA EQUIPE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

CONSULTORIA EFICIENTE!

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart